Texto do site A Mente é Maravilhosa

A palavra “equilíbrio” implica maturidade, responsabilidade, harmonia e estabilidade. Você tem tudo isso em sua vida? Se sim, pode ser que você tenha uma personalidade equilibrada.

As pessoas que não possuem essa personalidade equilibrada não são pessoas felizes. É verdade que podem ocorrer coisas em nossas vidas que podem nos desestabilizar, mas é necessário voltarmos ao nosso equilíbrio, saber que, aconteça o que acontecer, nós devemos estar em harmonia.

“Temos que potencializar o equilíbrio, a maturidade, o autocontrole, e banir a tirania, a manipulação, a falta de solidariedade, o desequilíbrio e a insatisfação permanente. Tudo isso porque devemos saber desfrutar de nossa vida, dessa busca saudável e transparente pela felicidade.”
-Mª Jesús Álava Reyes-

A personalidade equilibrada se reflete nos comportamentos

Uma personalidade equilibrada implica ter uma personalidade saudável. Isso é necessário se queremos evitar comportamentos como os maus-tratos aos outros, a tirania e o narcisismo.

Quando não estamos saudáveis e nem equilibrados, isso se manifesta em nossos comportamentos. Tudo em nós tenderá a ser negativo e potencializaremos essa negatividade, porque não saberemos buscar nosso próprio equilíbrio.

O equilíbrio não é algo estático!

mulher-personalidade-equilibrada

Quando falamos de equilíbrio não estamos falando de algo perfeito, nem sequer de algo que não se move e sempre se mantém assim. O equilíbrio é outra coisa.

Como pessoas que somos, sempre mudamos, e à medida que avançamos em nossas vidas vamos aprendendo com os erros que cometemos, com as pessoas que conhecemos, etc.

Portanto, há graus de equilíbrio, porque estamos em movimento e não somos pessoas estáticas. Os fatores que existem ao nosso redor nos afetam e fazem com que sempre estejamos mudando.

O que é preciso para ter uma personalidade equilibrada?

O que é necessário, então, para ter uma personalidade equilibrada? Talvez você já tenha as coisas necessárias e não sabe disso. Vamos descobrir…

Você conhece a si mesmo? Esta pode ser uma pergunta muito óbvia, mas na verdade existem muitas pessoas que ainda não se conhecem. Tire um tempo para ficar só e refletir sobre você mesmo.

Tenha equilíbrio entre seu coração e sua mente, ou seja, você não é uma pessoa muito fria, mas também não é muito sensível. Você deve ser capaz de manejar, simultaneamente, a afetividade e a razão.

Supere as feridas do passado! Seguir vivendo com uma dor, com algo que ocorreu no passado e não se pode remediar, não fará mais do que desequilibrar nosso presente. Aprenda com seu passado e siga para o futuro.

Tenha um projeto de vida realista. O que você quer ser? Quais são suas metas? Você tem que fazer tudo isso ser real, ainda que não saiba quando vai acontecer. Pense: se você sabe o que quer e faz de tudo para conseguir, isso lhe fará uma pessoa feliz e equilibrada.

Como é sua autoconfiança? Uma autoconfiança forte, firme, segura e consciente lhe fará ser uma pessoa equilibrada. Sim, conseguir isso não é fácil, mas a segurança em você mesmo será fundamental.

Seja coerente! Se sua vida está cheia de incoerências, é possível que você se desestabilize e, como consequência, sua personalidade não estará nada equilibrada. Viva com coerência, seja coerente e as coisas serão muito mais claras.

Sua vida tem sentido? Se sua vida não tem sentido, possivelmente você não é uma pessoa equilibrada. Pense que sua vida precisa ter um sentido, um motivo pelo qual viver. O que te motiva? Pense nisso…

Se você se identificou com muitas dessas coisas que apontamos, parabéns! Você tem uma personalidade equilibrada e, portanto, se você não é feliz está a um passo de ser. Se você não se identifica com muitos desses pontos, comece a mudar. Em suas mãos está o equilíbrio, busque-o.

O equilíbrio exige uma relação saudável com você mesmo

Ter um relacionamento saudável com você mesmo é algo essencial para ter uma personalidade equilibrada. Além disso, você deve ser tolerante, respeitar a si mesmo e desfrutar das coisas simples de cada dia.

“A desconfiança em nós mesmos cria frustrações e insatisfações permanentes, nos oferece uma visão tão tendenciosa quanto errônea, e nos impede de alcançar a segurança e o equilíbrio que são tão importantes para o ser humano.”
-Mª Jesús Álava Reyes-

A verdade é que é muito fácil se sentir em harmonia consigo mesmo, com essa paz interior que você poderia chamar facilmente de “ser feliz”. Além disso, não apenas a relação consigo mesmo deve ser saudável, mas também a relação com os outros. Se você se sente bem consigo mesmo, poderá manifestar isso em suas relações interpessoais.

FONTEA Mente é Maravilhosa
COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS