Durante muito tempo existiram crenças sociais sobre o papel que a mulher deveria desempenhar: cuidado dos filhos e do marido, cuidar das tarefas do lar e cuidar das pessoas mais velhas. Mas tudo isso acabou e atualmente valoriza-se a mulher inteligente, independente, e que sabe que não tem nenhum limite.

Uma mulher inteligente vive a sua própria vida, assume postos de responsabilidade profissionalmente, é independente, não baseia a sua felicidade em se casar ou ter filhos porque sabe que a sua felicidade depende dela mesma e não de terceiras pessoas, aprendeu a se valorizar e a superar a si mesma.

A mulher inteligente e os relacionamentos amorosos

Uma pesquisa realizada por várias universidades britânicas que foi publicada no jornal Sunday Times concluiu que as mulheres inteligentes tendem a não se casar, enquanto os homens brilhantes têm 40% mais chance de se casarem.

A pesquisa foi realizada com um grupo de 900 homens e mulheres. Estes participantes voluntários fizeram uma prova de QI aos 11 anos, e 40 anos depois foram entrevistados para saber quem havia se casado e quem não.

Descobriu-se que as mulheres que decidiram continuar com seus estudos universitários tiveram 40% menos probabilidade de se casar. Contudo, os homens têm 35% mais chance de se casarem para cada aumento de 16 pontos no seu QI.

As coisas que uma mulher inteligente faz

Existem certos traços que caracterizam uma mulher inteligente, que a fazem diferente do resto. Contudo, diversos pesquisadores da Universidade de Buffalo, da Universidade Luterana da Califórnia e da Universidade do Texas (Estados Unidos), concluíram que os homens se sentem intimidados diante de uma mulher inteligente.

“Para conseguir grandes coisas não apenas é preciso agir, mas também sonhar; não apenas planejar, mas também acreditar.”
-Virginia Woolf-

Do ponto de vista biológico, segundo a pesquisa, os homens deveriam procurar se relacionar com mulheres inteligentes pelas vantagens genéticas que isso implica. Contudo, na prática, a maioria dos homens prefere não sair com uma mulher que seja mais esperta que eles.

A pergunta que vem nessa hora é: Que coisas uma mulher inteligente faz que as diferencia das outras? Vejamos.

Vive o momento

Sabe aprender com o passado e esperar com paciência e tranquilidade o futuro. Por isso vive o momento, o agora, apreciando cada palavra, carícia, olhar, cheiro ou sabor. Uma mulher inteligente olha você nos olhos e o ouve porque sente que tem que aproveitar esse momento.

Como toda pessoa, ela passou por momentos complicados na sua vida e soube superá-los e se fortalecer. Aprendeu a não cometer de novo os mesmos erros e sabe muito bem o que deseja conseguir na vida.

Aprecia a solidão

Uma mulher inteligente não se sente sozinha pelo fato de não ter companheiro, mas justamente o contrário: aprecia a sua solidão e a sua independência. Não vincula a sua felicidade a outras pessoas, e a sua rica vida interior lhe permite desfrutar dos momentos de solidão.

“A solidão ensina mais do que qualquer companhia.”
Esses momentos solitários são imprescindíveis para qualquer mulher inteligente porque lhe permitem se conhecer, avaliar a si mesma, refletir e saber o que precisa melhorar. Através dessas reflexões ela consegue superar desafios, ganhar motivação.

Não tem medo das mudanças

As mulheres inteligentes não têm medo de sair da sua zona de conforto e enfrentar as mudanças. Sabem que as mudanças implicam oportunidades e que também são uma forma de adquirir novos aprendizados e de viver experiências incríveis.

“Uma boa moça conhece os seus limites, uma mulher inteligente sabe que não tem nenhum.”
-Marilyn Monroe-

Se existe alguma coisa na sua vida de que ela não gosta, um trabalho que não a motiva, um relacionamento amoroso com quem não compartilha um ideal de vida, ou amigos que não a apoiam nas suas decisões, a mulher inteligente reage e procura um jeito de melhorar. Elas são ativas por natureza.

Ouve seu coração e sabe dizer não

Uma mulher inteligente sabe que a voz do seu coração e da sua intuição é muito importante. Além disso, é consciente de que quando tem que tomar decisões difíceis, o seu corpo fala e lhe transmite as emoções que cada opção lhe provoca. Esta é uma informação que não despreza na hora de tomar a decisão correta.

Além disso, não tem medo de dizer ‘não’ e sabe que existem momentos em que é preciso recusar e colocar limites a outras pessoas, para que respeitem o seu espaço pessoal e o seu estilo de vida. Não é uma pessoa possessiva, nem deixa que ninguém o seja com ela.

Em resumo, é uma mulher inteligente!

TEXTO DEAran Andrade
FONTEA mente é maravilhosa
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!


COMENTÁRIOS