Por que as pessoas inteligentes não se apaixonam facilmente

Se há algo difícil de ser explicado, é o amor. propomos a você uma reflexão muito interessante que pode fazer com que as coisas sejam vistas a partir de uma perspectiva diferente.

Afinal, por que as pessoas com inteligência acima da média muitas vezes têm dificuldade para encontrar a pessoa certa?

1. Analisam os sentimentos, tanto os seus quanto os do outro

Pessoas inteligentes sabem juntar informações e tirar conclusões. E esta habilidade traz algo que não é tão positivo, pois gente assim é mais propensa a ’fugir’ dos relacionamentos assim que surgem os primeiros sinais de problemas. Mal-entendidos e discussões? Não somos feitos um para o outro. E adeus.

2. Precisam de mais tempo para se abrir

O cérebro está sempre trabalhando a todo vapor, trazendo à tona todos os detalhes e motivos possíveis que poderiam colocar tudo a perder. O resultado disso é que as pessoas inteligentes têm dificuldade para se abrir com os outros, pois têm a consciência de que todo relacionamento é um risco. Por isso, frequentemente são vistas como frias e reservadas, ainda que não o sejam na realidade.

3. Confiam nas experiências anteriores

Outra armadilha que prende as pessoas inteligentes. Nem tudo que destruiu relacionamentos anteriores vai necessariamente acabar com sua relação atual. Porém, tal verdade pode ser difícil de ser enxergada. Elas sempre lembram das experiências de separações dolorosas do passado e as projetam para quem está ao seu lado no momento.

4. A solidão é uma escolha consciente

Sim, é verdade. As pessoas inteligentes percebem que é melhor estar só do que ’mal acompanhado’. É uma escolha bem pensada e totalmente consciente. Na maioria dos casos, essas pessoas não ficam sozinhas por conta das circunstâncias, mas porque gostam de si mesmas e se sentem muito bem sozinhas.

FONTEIheartinteligence
COMPARTILHAR
Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!



COMENTÁRIOS