Para ser grande é preciso estar ao lado das pessoas, e não acima

Ser grande é estar ao lado das pessoas e estender uma mão quando os outros precisam. Isso é o que realmente nos ajuda a crescer e a sermos melhores. Nós, enquanto pessoas, lidamos e administramos as nossas próprias bondades e podemos sorrir ao mundo da forma mais bela possível. Neste sentido, ser bom é indispensável para ser grande.

As pessoas com as quais nos relacionamos estão travando batalhas das quais nós nada sabemos, de modo que sempre, mesmo que não seja fácil, devemos ser amáveis. Por mais estranho que pareça, muitas vezes os pequenos detalhes fazem a diferença.

Não vamos negar que existem pessoas que, por causa dos seus defeitos, complexos ou projeções, dificultam o caminho dos outros e se deleitam pisoteando e vendo cair quem está ao seu lado. Isso pode fazer alguém se sentir com uma sensação de superioridade equivocada.

Ressaltamos o termo “equivocada” porque não é real, mesmo que pareça que às vezes ficam por cima de algum jeito. Mas não. Essa sensação é irreal porque não há nada mais baixo do que prejudicar ou dificultar a vida dos outros de forma deliberada.

A bondade é o pilar que sustenta a grandiosidade, por isso dizemos que para ser grande é preciso estar ao lado das pessoas, e não acima.

Seja amável com todo mundo, nunca se sabe pelo que a pessoa ao lado está passando

Não temos como saber pelo que estão passando aqueles que estão do outro lado de uma conversa e interação qualquer. Seja qual forem as suas lutas, não podemos julgar nem a sua dificuldade nem a sua importância.

As dificuldades dos outros, suas lutas, serão prioridade para cada um e, portanto, o mais importante na hora de orientar as suas vidas. Se nos comportamos de forma errada, se julgamos, se nos referimos com palavrões a elas, então estaremos armando uma armadilha para aqueles que querem nos acompanhar.

Por isso é tão importante ser amável, porque de um “bom dia” pode depender o resto do dia (no melhor dos casos) da pessoa com a qual cruzamos. Isto é essencial e saber lidar com estas referências é a melhor recompensa.

“Acima de tudo está a bondade amorosa. Assim como a luz da lua ilumina sessenta vezes mais que a das estrelas, a bondade amorosa liberta o coração de uma forma sessenta vezes mais eficaz do que todas as outras conquistas religiosas juntas”.
-Buda Gautama-

As pessoas boas são feitas de aço inesquecível

Já dissemos isto várias vezes: as pessoas boas são feitas de aço inesquecível. As boas atitudes e as mãos estendidas são o melhor investimento, pois trazem consigo bons sentimentos, boas experiências e boas conseqüências.

Não devemos descuidar desta parte de nós que ajuda os outros e que se mantém ao lado de quem está atormentado frente a uma dificuldade.

Colecionar motivos, ser sol em dias de escuridão, não se comportar de forma prepotente ou paternal e praticar a paciência são atitudes que definem a liberdade e o deleite em colaboração com os outros.

Mesmo assim, é muito positivo oferecer uma margem de erro a todo mundo, inclusive a aqueles que em algum momento nos magoaram e nos fizeram sentir mal. Como dissemos, cada um precisa passar por certas dificuldades que definem de forma importante o seu comportamento, e muitas vezes o fazem de forma sutil e silenciosa.

Procurar ouvir, compreender e nunca se achar superior por ter mais disto ou daquilo, por ser mais feliz, por usufruir de maior estabilidade e por ter mais prosperidade; tudo isso é indispensável para ser grande.

Porque, caso ainda não tenha ficado claro, a grandiosidade não tem nada a ver com a superioridade, e no fim das contas o que tem sentido é oferecer aos outros a possibilidade de serem melhores, de se fortalecerem e de evoluírem emocionalmente.

TEXTO DE Raquel Brito
FONTEA Mente é Maravilhosa
COMPARTILHAR
Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!



COMENTÁRIOS