Por Heloísa Zambianco

Que o brasileiro lê pouco não é novidade, as pesquisas estão aí para apontar essa triste mas real estatística. Uns por falta de tempo, outros porque não gostam, outros porque preferem estar conectados, enfim, a lista é grande. Mas em plena era digital não ler nem as postagens nas redes sociais, é de se espantar! A informação está cada vez mais mastigada e parece que isso tem se tornado um silencioso problema.

Quantas vezes você escreveu um post nas suas redes sociais e o primeiro comentário é uma dúvida referente a exata informação que você escreveu? Isso acontece muito com empresas que usam as redes sociais para negócios, por ex: postam uma mensagem, com o telefone no fim e o primeiro comentário é “qual o número para ligar?”. É rir pra não chorar. Será que em meio a tanta informação estamos ficando cada vez mais desatentos e pior, sem senso de interpretação?´

Hoje entrei num grupo de freelancers e divulguei meus serviços para Gerenciamento de Redes Sociais, de Google Adwords, Produção de Artigos, etc. Qual não foi minha surpresa, minutos depois, comecei a receber mensagens e emails com currículo e esperançoso interesse na “vaga”. O erro pode até ter sido meu, talvez tenha escrito uma legenda um pouco ambígua, mas me fez refletir muito durante o restante do dia.

As pessoas simplesmente não param para ler, nem ouvir, muito menos estar presente.
Acredito que somos a geração que mais tem acesso a informação, acesso rápido e geralmente com começo, meio e fim. Tudo muito bem descrito, incluindo imagem, vídeo, áudio e gif. Na minha época (uau! chegou minha vez de usar essa frase), quando precisávamos entregar uma pesquisa, nossa referência eram as pesadas “barsas”, como se fosse um Wikipedia de papel. Digitar? Que nada! O desafio era escrever uma folha de almaço completa e entregar no outro dia.

Enfim, em meio a tanta facilidade tecnológica, as vezes me pergunto se não estamos perdendo nossas habilidades naturais de interpretar, ter opinião sem necessitar fazer o outro concordar e conseguir desconectar para estar presente. Inclusive acredito que muitas vezes, esse é o motivo pra tanto ódio gratuito na internet. Fica a reflexão e o desafio! Te convido a prestar mais atenção nisso tudo, comigo.

Heloísa Zambianco
Publicitária, Gerente e Consultora de Marketing Digital. Para conteúdos gratuitos e relevantes sobre Planejamento, Redes Sociais, Google, Conteúdo e Engajamento, siga:

COMPARTILHAR
Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!

COMENTÁRIOS