Escola americana abre mão das punições e as substituem por… meditação!

Nas escolas americanas, uma prática muito comum – conhecida por nós através de filmes – é a detenção.

Enquanto por aqui usamos esse termo para nos referirmos a um tipo de prisão, lá eles usam como castigo para as crianças e jovens que saem da linha.

Definitivamente não é nem um pouco fácil lidar com alunos mal educados, irritados e hiperativos.

Mas será mesmo que detê-los é o caminho mais eficiente para um resultado a longo prazo?

A escola infantil americana Robert W. Coleman acha que não: no lugar de punir os estudantes com castigos, mantendo-os aprisionados ou fazendo algo que detestem, seus professores estão mandando suas crianças para dentro de suas próprias mentes.

Para tornar a prática possível, em vez de ir para a sala do diretor, os alunos indisciplinados são encaminhados para a sala “Momento da Meditação” (Mindful Moment Room).

O espaço, além de iluminado, tem uma decoração inspiradora com travesseiros roxos de pelúcia.

Ali, os mal-comportados são incentivados a sentarem-se e acalmarem-se através de práticas de respiração e meditação. Eles também são convidados a falar sobre o motivo que os levou até ali.

A sala de meditação foi criada em parceria com a Fundação Vida Holística (Holistic Life Foundation), uma organização sem fins lucrativos que executa outros projetos também.

Por mais de 10 anos, a fundação tem oferecido exercícios de conscientização, respiração, meditação e yoga nas escolas infantis dos Estados Unidos.

“É incrível. Você não consegue imaginar que crianças pequenas possam meditar em silêncio. E elas meditam!”, disse Kirk Philips, coordenador holístico da Robert W. Coleman.

Benefícios da meditação

Apesar de ser uma prática oriental milenar de autoconsciência, a meditação tem sido fortemente explorada no ocidente há pouco tempo.

Já vimos em outros textos o que acontece com o nosso cérebro quando meditamos e também imagens do “antes e depois” da prática meditativa.

Não tem como negar: todos os praticantes, uma vez introduzidos à prática, não a abandonam simplesmente por sentir os seus benefícios em pouco tempo.

Além de diminuir a ansiedade, aumentar a criatividade e proporcionar bem-estar, o controle da respiração e da própria mente nos permite diminuir a pressão sanguínea, aumentar os níveis de serotonina (substância responsável por sensações positivas) e melhorar nosso sistema imunológico.

Aliás, tais atividades que proporcionem a oportunidade de beneficiar o próximo, como acontece nessa escola americana, só pode trazer resultados positivos.

Um estudo revela as mudanças de comportamento observadas nas crianças que praticam meditação:

meditação5

Informações de equilibrando.me

E não para por aí…

Enquanto isso, fora da sala de meditação…

A fundação responsável por levar a prática para as escolas infantis americanas também trabalha com ações em prol do meio ambiente

Para tanto, eles ajudam a limpar parques locais, construir jardins, e visitar fazendas próximas. Philips disse que também ensinam as crianças a serem co-professores, permitindo-lhes executar sessões de yoga, que também fazem parte do projeto.

Além de as taxas de suspensão terem chegado a zero no ano passado, de acordo com o coordenador, os alunos estão refletindo os benefícios em casa:

“Nós tivemos pais nos dizendo: ‘Eu cheguei em casa estressado um dia desses, e minha filha disse: ‘Ei, mamãe, você precisa se sentar. Eu preciso ensinar você a respirar.’”, revela Andres Gonzalez, co-fundador da Holistic Life Foundation.

Quem iria imaginar uma transformação tão significativa com um ‘simples’ fechar de olhos?

FONTEUpworthy.com
COMPARTILHAR
Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!



COMENTÁRIOS