7 dicas para ser uma pessoa mais interessante

Há pessoas que conseguem conquistar todos ao redor. Conversam bem, sabem um monte de coisas e ajudam todo mundo. Elas são interessantes. E muita gente tenta ser igual. Esse desejo surge, na maior parte das vezes, a partir da vontade de ter mais amigos. No entanto, quem é interessante também pode ter benefícios na vida profissional.

O raciocínio é simples: quem é interessante reúne características que podem ser úteis no trabalho. E, de quebra, por serem cativantes, têm mais facilidade para se relacionar com a equipe.

O site da revista “Inc.” fez uma enquete para saber o que faz de alguém uma pessoa interessante. A pesquisa foi respondida por empreendedores, executivos e empregados das mais variadas áreas. Confira abaixo as características presentes na maioria das respostas e mude alguns hábitos para ser bem-sucedido:

1. Seja interessado

Para ser interessante, seja interessado. Trabalhe para saber o máximo de assuntos possível, de futebol a administração de empresas. Este conhecimento poderá ser útil nas relações com pessoas de diversos públicos. Por sorte, nunca foi tão fácil ser curioso. Basta entrar no Google e na Wikipédia.

2. Faça coisas novas

Experimentar novas coisas é igualmente importante. Ao ter histórias para contar, recentes ou não, fica mais fácil mostrar o quanto você é uma pessoa completa. Aprender uma nova língua e praticar um esporte diferente fazem, por exemplo, com que você estimule o cérebro, use o novo idioma no trabalho e se mantenha saudável para conquistar seus objetivos.

3. Tenha uma paixão

Esta é uma dica mais voltada para cativar as pessoas ao seu redor. Uma das respostas mais populares da enquete dizia respeito às paixões. Os dois primeiros tópicos desta lista têm mais a ver com conhecimentos generalistas.

Ao adotar uma paixão, que pode ser um hábito ou um assunto qualquer, você se transforma em um especialista. Ao ter um hábito recorrente, encontra-se uma atividade prazerosa e ainda se obtém um tópico de conversa mais profunda com outras pessoas que têm a mesma paixão que a sua.

4. Fuja das conversas que são clichês

É muito comum ver o clima como o assunto entre pessoas que não se conhecem. Mas isso pode ser um problema, pois quem está falando sobre o tempo pode estar, na verdade, incomodando seu interlocutor. Ainda mais se o falatório se alongar por muito tempo. Use, no máximo, lugares-comuns como esse para “puxar assunto”.

Depois disso, trate de falar sobre outra coisa. Use, por exemplo, seus conhecimentos gerais, experiências e paixões – basicamente os itens anteriores – para isso. Não fale somente por falar.

5. Ajude os outros

Esteja sempre à disposição. Você pode oferecer ajuda na solução de um problema no trabalho, por exemplo. Ou ser aquela pessoa que, gentilmente, segura o elevador pelos segundos necessários para que alguém entre. Atitudes como essas fazem seu rosto ser lembrado pelos outros, algo que pode ser útil no futuro.

6. Saiba contar histórias

Saber como compartilhar suas experiências é tão importante quanto tê-las. Para quem convive contigo, não adianta, por exemplo, viajar para algum país exótico se você não tem nada marcante para contar. Quando todos estiverem te ouvindo, não importa o assunto, fale o que for mais importante, dê ênfase a temas divertidos e não se prolongue demais.

7. Seja você mesmo

A autenticidade, por mais estranha que seja, é um traço comum das pessoas interessantes. Saber se comportar é essencial e é impossível conquistar o sucesso no trabalho sem se encaixar em um código de conduta restrito.

Mas um pouquinho de loucura não faz mal a ninguém. Busque o equilíbrio entre ser uma pessoa divertida sem ser um “sem noção” e suas chances de sucesso serão maiores, de acordo com o artigo.

Fonte: Pequenas Empresas & Grandes Negócios

FONTEPrime Center
COMPARTILHAR
Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!



COMENTÁRIOS