Estudo revela que os cães ignoram as pessoas que não gostam de seus tutores

Os pesquisadores fizeram testes com 2 grupos de 18 cães que assistiam uma encenação de seus tutores tentando abrir uma caixa, acompanhado por duas pessoas que o cachorro não conhecia.

No primeiro grupo, o tutor pedia o auxílio de uma das pessoas, que se recusava a ajudar.

No segundo, o tutor pedia e recebia ajuda de uma das pessoas.

Sendo que nesses dois grupos, a terceira pessoa ficava neutra, sem ajudar ou recusar auxílio.

Após assistir a cena, o cachorro recebia comida das duas pessoas desconhecidas.

Os cães do primeiro grupo preferiram aceitar o petisco da pessoa neutra do que daquela que havia recusada ajuda ao seu tutor.

Os cachorros do segundo grupo não desmontaram preferência em relação à pessoa neutra ou àquela que ajudou seu tutor.

Kazuo Fujita, professor da Kyoto University e líder do estudo, falou sobre a importância desse resultado:

“Pela primeira vez nós descobrimos que os cachorros fazem análises sociais e emocionais das pessoas independentemente de seus interesses diretos. Esta habilidade é um dos fatores determinantes na construção de uma sociedade altamente colaborativa e os cães compartilham essa habilidade com os humanos.”

FONTEPortal do Dog
COMPARTILHAR
Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!



COMENTÁRIOS