Não se contente com amor migalhas. Com sentimentos fracos tomados por indecisão e nenhum partido. Todo mundo merece ser amado por inteiro e não por pedaços nem por conveniência.

Amor tem que ser bom, quente como tardezinha de verão, sem muito calor pra derreter mas o suficiente para aquecer e deixar suave. Sim, é disso que a gente precisa: suavidade nas palavras, nos gestos, no bem querer.

Ninguém precisa de uma ligação apenas quando convém ou quando a carência bater. Não dá pra se satisfazer de paixões fugazes e pretextos de amor.

A gente merece mesmo um amor companheiro, que queria estar ao nosso lado e que seja amigo e parceiro. Aquele que dá a mão quando necessário, e não se restringe apenas a mensagens, mas liga pra ouvir a nossa voz e saber como foi o dia. Gente que não tem tempo ruim para estar ao nosso lado.

Fuja dos descompromissados, de quem não quer nada além de um trago e uma noite de “amassos”. Uma curtição e nada mais é para quem não se decidiu. Se você não está surfando nessa onda, é melhor sair dela remando. Não crie expectativas.

Não se contente com um final de semana e nada mais. Quem gosta de verdade faz planos na terça pensando na sexta.

Mereça alguém que que dê beijos longos e molhados, abraços apertados, carinhos intermináveis e olhares apaixonados. Mereça um amor que cuide de você e você dele. Que os dois sejam uma dupla que se somam em todas as atividades. Que sejam um par.

Mereça alguém que te leve a sério e não só pra cama. Alguém que te ame por quem você é e não por aparências. Que te apresente aos amigos e saia com você de mãos dadas também durante o dia.

Não se contente com tão pouco, o amor é mesmo transbordante. A gente merece mesmo quem faz o coração saltar e não doer. Sem ciúmes, mágoas, desconfianças e decepções.

Mereça quem te dê paz e alegria! Mereça alguém que te respeite, que te ame e que diga isso pra você. Sinta-se amado.
Queira-se bem e mereça esse amor.

COMPARTILHAR
Anieli Talon
É jornalista, atriz, locutora e tem a comunicação como aliada. escritora por natureza, tem mania de preencher folhas brancas com textos contagiados por suas inspirações .

COMENTÁRIOS