7 passos para aceitar a morte de uma pessoa amada

1° passo

Pratique afastar arrependimentos. Quando um ente querido morre, de repente somos bombardeados com as coisas que deveríamos ter feito ou dito, ou que fizemos e dissemos que não deveríamos ter feito ou dito. Arrependimentos não podem se simplesmente ignorados, no entanto, martelar sobre eles só leva a mais sofrimento. Lembre-se que a pessoa que faleceu gostaria que você fosse feliz.
• Arrependimentos, muitas vezes, envolvem perdoar a si mesmo(a). Não há manual para isso, infelizmente, e a única coisa que você pode fazer é lembrar-se que você é humano. Você é um ser humano e você amou a pessoa que se foi da melhor maneira possível. Agora é hora de se concentrar no presente.

2° passo

Passe pelo processo de luto. Os cinco estágios do luto são negação, raiva, mudança, depressão e aceitação. Nessa ordem. No entanto, sabemos que não há duas pessoas que sofrem da mesma maneira. No entanto, você precisa passar por isto, seja ficar enrolado(a) nas cobertas com um ursinho de pelúcia ou correr até que as pernas comecem a doer, não importa como. Você se sentirá melhor em longo prazo.
• Qualquer predefinição que alguém tenha de o que seja luto, deve ser ignorada. A maneira como você se sente em lidar com isso é a que você deve usar. Enquanto você estiver tratando a si mesmo(a) e os outros com cuidado (leia-se: não se voltando para drogas, álcool e outros recursos similares), está tudo bem.

3° passo

Não sofra sozinho. Agora, você e os seus entes queridos ao seu redor precisam se unir. Às vezes, quando você se lamenta com os outros, o peso da dor diminui. Os esforços combinados de todos podem fazer o tempo passar muito mais rápido.
• Se você acha que é a única pessoa a passar por isso e que ninguém mais está sofrendo, ainda assim a companhia de outras pessoas pode ajudar. Ter alguém segurando sua mão pode deixá-lo(a) saber que você não está sozinho(a), que tudo ficará bem. Busque o apoio daqueles que a sua volta, sejam eles quem forem.

4° passo

Reconectar-se com si mesmo(a). Em um ponto ou outro, você existiu independentemente da relação com a pessoa que se foi, e você ainda existe. É apenas uma questão de retomar este modo de existir. Com um pouco de tempo, você verá que isso é possível.
• Reconecte-se com pessoas e coisas de seu passado. O que costumava enchê-lo(a) com entusiasmo? O que fazia você se sentir cheio de vida? O que é que você sempre desejou ter tempo e energia para realizar? E a última mais importante pergunta: qual é o melhor momento do que agora?

5° passo

Olhe para o futuro. A única razão pelo qual ele não é brilhante é porque você está por detrás de uma nuvem escura. O futuro reserva boas promessas, assim como reservou seis semanas, seis meses, ou seis anos atrás. É só uma questão de o que você faz com elas. Em vez de reviver o passado, pense no amanhã e no que ele pode lhe trazer.
• Ao se apegar ao passado, você não fica sem espaço para agarrar o futuro. Você pode estar deixando passar um mundo inteiro lá fora. Será que a pessoa que se foi iria quer isso? A fim de encontrar o amor, você tem que dar e receber amor. Você não pode fazer nada se suas mãos estão cheias segurando algo que se foi.

6° passo

Escreva uma carta positiva de adeus. Escreva tudo o que você nunca disse nesta carta. Mantenha-se positivo, concentrando-se na vida do ente querido e nas muitas alegrias que ele trouxe para você.
• Cabe a você escolher o que fazer com ela. Você pode mantê-la em um lugar perto de seu coração, deixa-la ir na água do mar, ou queimá-la e assistir a fumaça subir aos céus.

como-superar-a-morte-doutissima-shutterstoc

7° passo

Saiba que “deixar ir” irá acontecer. Sem duvida alguma isto irá acontecer. O único modo-temporal que se aplica a esta situação é “irá”. Para alguns, demora mais tempo do que para outros, mas isso irá acontecer. Até lá… relaxe. Deixe o tempo correr o seu curso. Ele cura todas as feridas.
• Quando isto começar a acontecer, você pode nem notar. Você estará mudando e crescendo tanto que seus olhos não se voltarão para o que você costumava ser. Talvez este tempo seja agora. Talvez você já tenha iniciado o processo, mas está muito próximo(a) da situação para poder perceber.

FONTEWikiHow
COMPARTILHAR
Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!



COMENTÁRIOS