Qual é a imagem que você tem de você? Alguma vez você já se perguntou como os outros o veem? Porque mesmo se você não acredita, existem atitudes comuns entre os intolerantes que talvez você possua algumas. Quer verificar isso?

Não é fácil ser completamente tolerante, e às vezes nos surpreendemos quando nos deparamos com atitudes que julgávamos normais, mas que são típicas dos intolerantes. Nós não trabalhamos sempre a tolerância ao ponto de nos tornarmos absolutamente tolerantes, pois, como Jaime Balmes diz: “Não é tolerante quem não tolera a intolerância”. E você, você tolera a intolerância?

Você tolera a intolerância?

Antes de entrar nessa questão, oferecemos um simples exercício de Pablo Morano, um especialista em crescimento pessoal. Este guia dá-nos uma série de perguntas que podem nos dar uma estimativa real de onde estamos na escala de tolerância.

Você é uma daquelas pessoas que rejeitam o que é diferente? Daquelas que desqualificam imediatamente as ideias dos outros, sendo esse um estranho ou não, chegando mesmo a desprezar? Você se incomoda e até se irrita só porque as pessoas com diferentes opiniões das suas têm mais oportunidades de se expressar? Você acha que o mundo deve pensar como você?

Se você respondeu sim a qualquer destas perguntas, considere que você tem certo grau de intolerância. Estamos falando de graus porque há múltiplos no segmento delimitado pela tolerância de um lado e a intolerância do outro. Isso quer dizer que nós não vamos responder a todas as perguntas da mesma forma ou com a mesma certeza. Assim, podemos ter maior ou menor grau de tolerância ou intolerância nas circunstâncias e personalidade.

“A tolerância é uma fonte de paz e a intolerância é uma fonte de confusão e discórdia. “-Pierre Bayle-

Descubra as atitudes predominantes das pessoas intolerantes

Além de outras características pessoais, existem atitudes predominantes em pessoas intolerantes. Isso quer dizer que, em maior ou menor medida, você vai perceber algumas disposições que serão associadas com o pensamento inflexível. Vamos ver o mais comum e identificável.

Fanatismo

Em geral, uma pessoa intolerante demonstra a intolerância quando ela defende suas crenças e posturas. Politicamente, religiosa, espiritual etc. Ela é incapaz de falar sem adotar pensamentos extremistas, porque ela acha que sua visão é a única válida. Na verdade, ela vai tentar exercer hegemonia sobre os outros impondo sua maneira de ver o mundo.

Rigidez psicológica
Pessoas intolerantes rejeitam o que é diferente. Ou seja, elas são rígidas em sua psicologia, e têm dificuldade em aceitar que outras pessoas tenham diferentes visões e filosofias. Assim, elas mantêm distância do que não coincide com sua maneira de pensar, não aceitam e até se tornam agressivas na ânsia de impor seus conceitos.
Eles costumam embelezar seus conhecimentos

O intolerante sente que ele tem que se defender das pessoas que são ou que pensam de forma diferente. Em embates de ideias e comum que ele crie ou invente teorias, fingindo ter conhecimento em setores em que ele não tem o menor domínio. Assim, ele não aceita e não escuta pontos de vista que não são dele, e considera que sua atitude fechada é justificada. Ele pode até recorrer a zombarias ou agressões se ele se encontrar sem argumentos.
Seu mundo é mais simples e não contém tons

O ser humano intolerante tem realmente um mundo mais simples do que o outro. Ou seja, ele não ouve, e, portanto, não se abre para outros cargos ou formas de pensar. Seu mundo é preto ou branco. Pense em maneiras como “Você está comigo ou contra mim”, “É bonito ou feio”, “Verdadeiro ou falso”, sem perceber que há uma gama de cinza. Ele precisa de segurança e certeza, mesmo que eles não sejam reais.

Elas são fiéis à rotina

Em geral, não gosta de nada do que é inesperado ou espontâneo. Elas se agarram aos hábitos, apenas o que já lhes seja conhecido é que lhes oferece segurança e tranquilidade. Caso contrário, essas pessoas se desequilibram e se estressam facilmente.

Suas relações sociais podem ser complexas

A falta de capacidade empática de uma pessoa intolerante pode causar sérios problemas sociais. Ela precisa corrigir, dominar e impor seu ponto de vista permanentemente. Isso os leva a cercar-se de autoestima passiva ou baixa. Com outros, a sua interação muitas vezes se revela impossível ou muito complexa, direita ou sem argumentos.
Eles mantém um certo grau de ciúme e até inveja

Uma pessoa intolerante dificilmente aceitará o sucesso de outra pessoa, principalmente se for de alguém que tenha ideias opostas às suas. Isso porque ela sempre enxerga a pessoa de ideias contrárias como sendo inferior a ela, portanto, não merecedora de qualquer sucesso em qualquer seguimento ou aspecto. As conquistas do outro lhes causa mal-estar e ansiedade, chegando até a considerar o mundo um lugar injusto por favorecer alguém que não possui as mesmas qualidades que ela julga possuir.

“O inimigo não é fundamentalismo, mas intolerância”. -Stephen Jay Gould

Estas são atitudes comuns entre pessoas intolerantes que estão mais ou menos presentes em nossos arredores. Você se reconhece em um ou mais deles? Se assim for, coloque um freio, você ficará mais feliz e suas oportunidades de enriquecimento pessoal se multiplicarão.

Créditos da capa: shutterstock.com
Texto originalmente publicado em Nos Pensée. Traduzido e adaptado pela Equipe da Revista Pazes.

FONTENos Pensées
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Revista Pazes

Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!



COMENTÁRIOS