O que aprender com o fim de relacionamentos longos?

Nem sempre os relacionamentos dão certo. Alguns duram meses, outros anos, e têm aqueles que duram a vida toda. Permanecer num relacionamento não é algo fácil, pois exige paciência e dedicação. Quem começa um relacionamento admira os casais que estão juntos há muito tempo. E se são casais que transmitem harmonia, a admiração aumenta.

Até porque, não basta estar junto há 40 anos e viver em constantes brigas e humilhações. Isso já passou. Foi-se o tempo em que não havia separação e os casais simplesmente se aturavam. Hoje, o cenário é outro. Se não está bom, termina-se o relacionamento e cada um segue na sua luta.

Mas e o amor?

Quando há a separação, ainda pode haver amor, mas a rotina e outros problemas já interferiram na relação. Por isso, é comum escutar alguns casais afirmarem que se amavam, mas não podiam mais conviver juntos. Muito se sabe que a convivência é um desafio nos relacionamentos. Alguns amadurecem, outros, porém, terminam.

Mas há uma série de fatores que culminam no final de um relacionamento e quem está do lado de fora muitas vezes nem sabe o real motivo. Até porque “em briga de marido e mulher, não se mete a colher”, não é mesmo?

Mas o que deixa muita gente espantada é quando os relacionamentos que aparentam estar bem e são muito longos, de repente, acabam. E quando se trata de famosos, as especulações aumentam mais ainda. Um exemplo é o casal de jornalistas William Bonner e Fátima Bernardes, que estiveram juntos por 26 anos e se separaram recentemente. E durante esse tempo, vimos poucas especulações a respeito do casal. Logo, a separação chegou como uma surpresa. Mas o que podemos aprender com isso?

Nada é para sempre

O amor é um dos sentimentos mais lindos que existe. Quando o casal se une por amor, o relacionamento é carregado de força. Mas não basta apenas amar. Há uma série de sentimentos e ações que são importantes para que esse relacionamento prossiga.

Nos assusta saber quando um casal que estava há tantos anos juntos se separa, pois, aparentemente, estava tudo bem. Mas como se sabe, nunca sabemos como era de fato a relação do casal.

Construir relacionamentos sólidos é um desafio. É preciso lidar com as angústias internas de cada um e mesmo assim prosseguir. E mesmo que hoje seu relacionamento esteja perfeito, nada garante que amanhã vocês não estejam se separando.

O que aprendemos com o término de relações duradouras? Que tudo tem seu tempo. Para terminar, basta apenas viver. Agradecemos pelos relacionamentos que temos, mas não sejamos hipócritas de acreditar que tudo é para sempre. Se for, que bom. Mas se não for, que sejamos sempre francos com nós mesmos e com o outro. Porque para terminar, basta ter começado. E se não deu certo não deixe de acreditar em outros amores, porque a vida é uma, mas as tentativas de ser feliz são inúmeras!




COMENTÁRIOS