Liberte-se do sentimento de culpa

sentimento de culpa é capaz de influenciar nossos pensamentos e ações. Nossas atitudes acabam sendo com o objetivo de encontrarmos paz interior, ou seja, é como se esse sentimento de culpa nos falasse: “Já que você se arrependeu de ter feito tal coisa, então terá que compensar isso de algum jeito!”

Além desse pensamento de ter que “compensar”, também existe a autopunição, que funciona da seguinte maneira:

“Eu cometi tal erro e por isso não mereço me dar bem na vida, não posso ser feliz.”

A pessoa que sente culpa acaba se sabotando, mas isso não conserta o erro cometido no passado, só acaba piorando as coisas para ela mesma.

Enquanto esse sentimento não for curado, a pessoa não encontrará a paz interior e sempre terá sentimentos ruins. E é pior ainda quando ela não sabe que a causa de tanta tristeza e angústia vem da culpa que está guardada no inconsciente.

Darei agora um exemplo de compensação:

Uma pessoa causa algum mal para outra, mesmo que tenha sido sem querer, e acaba sentindo muita culpa pelo o que fez. Então, na cabeça dela, ela acha que tem que compensar isso de alguma maneira. A outra pessoa, que sofreu o mal, percebe isso. Por isso, acaba se aproveitando da situação, muitas vezes podendo ser até abusiva.

E, se caso a pessoa que causou o mal não queira fazer algo que ela deseje, tenta lembrar de algum modo sobre o acontecimento que gerou o sentimento de culpa e isso faz com que a pessoa que causou o mal se sinta na obrigação de atender o desejo daquela pessoa.

O sentimento de culpa é como se fosse uma prisão emocional em casos parecidos com esse que citei no exemplo. A melhor forma de eliminarmos esse sentimento sabotador é admitirmos o erro e nos perdoar pelo que fizemos, porque se houve o arrependimento, seja o que for que tenhamos feito, não foi de coração. Isso é libertador!

Podemos tomar alguma atitude que cause arrependimento depois, mas isso geralmente acontece porque nosso interior não está bem, está desequilibrado emocional e energeticamente. Ou seja, em nosso estado natural não faríamos tal coisa.

Nunca se esqueça! Todos erramos, mas não devemos ficar presos ao sentimento de culpa, somente aprender com o que aconteceu e seguir em frente!




COMENTÁRIOS