Os 4 maiores erros que nós mulheres cometemos no Amor – por Ariana Schlösser

Todo mundo tem a vontade de viver uma Verdadeira História de Amor, alegria, cumplicidade, paixão, companheirismo, divertimento, não é verdade?

Mas e aí!? Desejamos isso, e o que fazemos é sair por aí, fazendo o que achamos que tem que tem ser feito sem entender como as coisas realmente funcionam dentro e fora de nós.

Aprender é necessário sempre. Quando entendemos algumas coisas, aí sim conseguimos mudar e obter resultados diferentes!

Quando nós mudamos atraímos situações, experiências e pessoas diferentes para a nossa realidade.

Hoje eu quero te contar como nós mulheres, por falta e conhecimento e auto-conhecimento, estamos perdidas de nós mesmas e perdidas no Amor. E como entendemos tudo errado e complicamos a situação para nós. A verdade é que o que precisamos fazer é muito mais simples do que acreditamos! Mas, o simples nem sempre é fácil!

Vamos descobrir os 4 maiores erros que nós mulheres cometemos no Amor!

Mas atenção, essas dicas só valem para as Mulheres que realmente estão buscando crescer na Jornada do Amor junto a Homens, com H maisculos, maduros e em sintonia com o masculino e feminino sagrado.

Vamos lá?

1. Doar-se demais e não saber receber!

Geralmente fazemos isso sem intenção de nos prejudicar, muito pelo contrário, conhecemos um homem e gostamos dele, queremos nos conectar, queremos que ele saiba que gostamos dele e então oferecemos o nosso melhor: mandamos mensagens, entretemos ele, queremos mostrar que merecemos ser amadas. Fazemos isso com a intenção de que ele vai apreciar isso e com a ideia de que ele fará o mesmo para nós.

Mas não funciona assim… uma das coisas mais importantes que uma mulher precisa entender é que, tcharan: um homem só se apaixona quando ele é quem está dando a você. E é a sua responsabilidade aceitar ou não o que ele está oferecendo e apreciar. Entendeu?

Ou seja, isso é uma ótima noticia! Só precisamos aprender a relaxar e re-ce-ber. Justamente o oposto que você imaginaria não é?

Agora, um “menino”, um homem que ainda não amadureceu, vai ficar muito feliz em receber tudo o que você está oferecendo até você ficar vazia. Pois ele está em busca de uma outra mãe. Se você gosta disso, tudo bem, apenas desconsidere este artigo e continue fazendo o que sempre fez.

Agora, a beleza disso é que quando nos elevamos e aceitamos o nosso feminino receptivo, empoderamos e também elevamos os homens a agir a partir da energia masculina deles, todos em equilíbrio.

Então a próxima vez que você se ver doando-se demais, pare e pergunte: “Isso é realmente necessário?!” Se a resposta é não, pare, espere e permita que o homem possa vir e se dar a você… aprenda a receber!

E perceba a manipulação por detrás do doar-se demais: “Se eu fizer isso, e aquilo mais, ele vai me amar”. Nos doamos na tentaiva de provar que merecemos amor. Ou seja não acreditamos de fato que somos merecedoras. Por isso é preciso aprender a estar centrada, esperar e receber.

Tentar manipular alguém a te amar se doando demais só causa ansiedade, insegurança e desempoderamento. Você não pode fazer alguém te amar. Você vai ficar vazia e rapidamente perceber que só focou nas necessidades do outro sem honrar as suas.

E é por isso que quando um Homem de fato legal e bom para nós aparece, a gente estranha, porque não estamos acostumadas a ter nossas necessidades supridas.

Aprenda a receber. Todo mundo ganha.

2. Competir com Homens

Já conheceu um homem e ele começou a falar dele mesmo?
Claro que uma pessoa que faz isso sempre não é o que estamos buscando.
Mas o que precisamos entender aqui algo muito interessante: quando um homem começa a falar dele mesmo, o que na verdade ele está fazendo é mostrando o quão qualificado ele é para ser o seu homem! Ele está tentando te impressionar, porque você vale a pena!

Mas o que fazemos? Eu, por exemplo, errei muito nisso. Quando um homem estava se qualificando para mim eu entendia que tinha que mostrar que eu era tão boa quanto ele, e muitas até melhor. Eu entrava em competição, tentando provar que não precisava de ninguém, sabe aquele papel “Eu sou uma super mulher”? Já se viu fazendo isso?

E sabe o que um homem entende nesta situação? Que ele não tem utilidade nesta situação e então ele vai embora, porque? Porque ele precisa sentir que pode ser util! Mas se ele entende que você é tão melhor que ele, o que ele pensará é que você vai querer alguém muito melhor e para não ser rejeitado, ele vai embora.

Então saiba, se ele está se qualificando, ele já te acha incrível, e quer mostrar que está a sua altura! Encare como um elogio! Escute, se interesse, relaxe e divirta-se conhecendo um outro ser humano incrível como você e então sinta se quer explorar esta opção!

3. Não saber negociar

Mulheres precisam estar em contato com suas necessidades. Estar centradas nelas mesmas. Para isso é preciso se permitir receber e então aprender a negociar.

Qualquer pessoa em qualquer tipo de relação precisa aprender a se relacionar!

Mulheres pedem oportunidades incríveis. Mulheres dizem sim, quando querem dizer não. Mulheres esperam demais para serem pedidas em namoro, casamento.

Se não sabemos negociar pagamos o preço de um coração quebrado, intenções confusas e muito pouco de auto-estima.

Então nós precisamos saber desde o começo o que é que nós queremos, para que possamos nos expressar e negociar de forma prática e inteligente.

Sim, podemos e devemos dizer não ao que não queremos e expressar nossos verdadeiros desejos. Só precisamos saber como!

4. Achar que alguém, pode e vai te salvar!

Imagine a pressão que sairá da sua Vida de comprometida ou solteira quando você realmente entender e internalizar que ninguém salva ninguém.

Salvar-se é a função de cada um.

Sinta isso! Sinta o seu poder sendo devolvido agora para você enquanto você absorve esta verdade: “Ele não vai te salvar. Ninguem vai. Só você pode.”

Se relacionar é uma das maiores oportunidades para o nosso crescimento espiritual. O outro se torna nosso parceiro rumo a nossa Versão Maior e juntos cada um segue a sua própria jornada interna para o descobrimento das suas próprias limitações e potenciais.

Então entenda o que é preciso fazer: Somos criaturas de hábitos. Mudar a sua Vida Amorosa envolve a sua mudança! Mudar padrões antigos que não te apoiam e não te ajudam. Mudar suas crenças, ideias e emoções. Mudar dentro, para mudar fora!

Mas como fizemos isso? Nos educando para uma Vida Amorosa saudável. Nos treinando para responder a Vida de uma maneira diferente. Desbloqueando o que ainda nos trava.

Sem informação seguimos desesperadas… Agindo como acreditamos que as coisas tenham que ser, porem atingindo os mesmos resultados frustrante..

 

Por Ariana Schlösser

 

FONTETudo é Energia
COMPARTILHAR
Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!



COMENTÁRIOS